Proteínas

O que são proteínas?

As proteínas são macromoléculas versáteis presentes em todos os organismos vivos que desempenham funções vitais em praticamente todos os processos biológicos: contribuem para o crescimento e manutenção da massa muscular, promovem a manutenção de ossos normais, funcionam como catalisadores, são importantes para o transporte e armazenamento de outras moléculas (como, por exemplo, o oxigénio), fornecem suporte mecânico enquanto constituintes de determinadas estruturas do corpo humano, são o principal componente da estrutura química dos anticorpos, o que faz com que intervenham diretamente no funcionamento do sistema imunitário, são essenciais para a contração muscular, transmitem impulsos nervosos e contribuem na síntese do ADN e na divisão celular.

As proteínas são compostas por centenas ou até milhares de unidades mais pequenas, a que chamamos aminoácidos, unidos por ligações peptídicas e que formam cadeias longas. Existem aminoácidos essenciais, semiessenciais e não essenciais. Os aminoácidos essenciais são aqueles que não podem ser sintetizados pelo próprio organismo, pelo que devem ser obtidos através da alimentação. Os aminoácidos semiessenciais são criados no organismo a partir de aminoácidos essenciais, enquanto os aminoácidos não essenciais podem ser obtidos a partir de determinados alimentos e também produzidos pelo organismo.

Algumas fontes de proteína, como o leite e os ovos, contam com proteínas de elevado valor biológico que fornecem os 9 aminoácidos essenciais ( leucina, isoleucina, valina, lisina, metionina, fenilalanina, treonina, triptofano e histidina), entre outros. Numa dieta vegetariana, é necessário combinar alimentos diferentes para obter todos os aminoácidos essenciais e suprir as necessidades diárias de proteína.

As principais fontes de proteína incluem carnes vermelhas, frango e ovos, peixe, leite e produtos lácteos, soja e leguminosas (isto é, feijão, grão e lentilhas).

Efeitos positivos das proteínas:

  • Contribuem para o crescimento da massa muscular
  • Importantes para a manutenção da massa muscular
  • Desempenham um papel na manutenção de ossos normais

Referências

Berg J.M., Tymoczko J.L, Stryer L. Biochemistry. 5th edition. New York: W. H. Freeman; 2002.

EFSA Panel on Dietetic Products, Nutrition and Allergies (NDA); Scientific Opinion on the substantiation of health claims related to protein and increase in satiety leading to a reduction in energy intake (ID 414, 616, 730), contribution to the maintenance or achievement of a normal body weight (ID 414, 616, 730), maintenance of normal bone (ID 416) and growth or maintenance of muscle mass (ID 415, 417, 593, 594, 595, 715) pursuant to Article 13(1) of Regulation (EC) No 1924/2006. EFSA Journal 2010;8(10):1811. [ 24 pp.]. doi:10.2903/j.efsa.2010.1811.

Pasiakos, S. M. et al. The Effects of Protein Supplements on Muscle Mass, Strength, and Aerobic and Anaerobic Power in Healthy Adults: A Systematic Review. Sports Medicine. 2014;45(1):111-131. doi:10.1007/s40279-014-0242-2

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e para fins estatísticos. Ao visitar o site, está a consentir a sua utilização. Para mais informações sobre os cookies utilizados, respetiva gestão ou desativação neste dispositivo, clique aqui.